Fortaleza de Santo Antônio de Ratones ostenta riqueza ecológica

22/11/2021 17:49

A Ilha de Ratones Grande, onde está localizada a Fortaleza de Santo Antônio de Ratones, possui extensão de mais de 190 mil metros quadrados. Nessa área, existe uma diversidade de mais de 50 espécie de pássaros, além de diversos anfíbios, répteis e mamíferos. Essas informações, bem como a história dos mutirões de limpeza da fortaleza, estão entre os detalhes do décimo e último episódio do tour virtual. Criado pelos alunos do Curso Técnico em Guia de Turismo do Campus Florianópolis-Continente do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) em parceria com a Coordenadoria das Fortalezas da Ilha de Santa Catarina (CFISC), tour virtual apresentou um episódio a cada final de semana.

Veja também:

Sistema de captação de água da chuva era essencial no século XVIII (Episódio 9)
Conheça o Quartel da Tropa e a Casa dos Oficiais da Fortaleza de Santo Antônio de Ratones (Episódio 8)
Paiol da Pólvora ficava no ponto mais alto para evitar artilharia inimiga (Episódio 7)
Fortaleza de Santo Antônio de Ratones tinha duas baterias de canhões (Episódio 6)
Casa da Palamenta guardava material para disparo de canhões (Episódio 5)
Ponte levadiça controlava o acesso à Fortaleza de Santo Antônio de Ratones (Episódio 4)
Energia limpa mantém a Fortaleza de Santo Antônio de Ratones desde 2000 (Episódio 3)
Ratones ajudou no combate a epidemias no século XIX (Episódio 2)
Assista ao primeiro episódio do tour virtual pela Fortaleza de Santo Antônio de Ratones (Episódio 1)
Tour virtual apresenta a Fortaleza de Santo Antônio de Ratones aos domingos (detalhes do projeto)

Tags: Fortaleza de Santo Antônio de RatonesFORTALEZASfortalezas da ilha de santa catarinafortificaçõesguiamentoIFSClimpezamutirãotour virtualturismo

Por que, há 42 anos, a UFSC assumiu a gestão das fortalezas da baía norte?

22/11/2021 10:02

42 anos (completados neste domingo), a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) assumiu uma responsabilidade ímpar: gerir um patrimônio histórico que representa como poucos a formação do sul do Brasil. Em 21 de novembro de 1979, a UFSC recebeu oficialmente a responsabilidade da gestão, guarda e manutenção da Fortaleza de Santa Cruz de Anhatomirim. Alguns anos depois, a universidade se tornaria gestora também da Fortaleza de São José da Ponta Grossa e da Fortaleza de Santo Antônio de Ratones. Mas por que a UFSC?

(mais…)

Tags: #EuValorizoAsFortalezasFortaleza de Santa Cruz de AnhatomirimFortaleza de Santo Antônio de RatonesFortaleza de São José da Ponta Grossafortalezas da ilha de santa catarinafortificaçõesUFSC

Sistema de captação de água da chuva era essencial no século XVIII

16/11/2021 09:19

O que atualmente é considerada uma solução ecologicamente correta de reaproveitamento de água era um sistema vital para a Fortaleza de Santo Antônio de Ratones no século XVIII. A Casa do Comandante e o Quartel da Tropa eram edifícios que tinham calhas para captação da água da chuva. Esse sistema, que aumentava as reservas para além da fonte existente na Ilha de Ratones Grande, é detalhado no nono episódio do tour virtual. Criado pelos alunos do Curso Técnico em Guia de Turismo do Campus Florianópolis-Continente do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) em parceria com a Coordenadoria das Fortalezas da Ilha de Santa Catarina (CFISC), tour virtual apresenta um episódio a cada final de semana.

Fique atento: os episódios vão ao ar sempre aos domingos, às 10h.

Veja também:

Conheça o Quartel da Tropa e a Casa dos Oficiais da Fortaleza de Santo Antônio de Ratones (Episódio 8)
Paiol da Pólvora ficava no ponto mais alto para evitar artilharia inimiga (Episódio 7)
Fortaleza de Santo Antônio de Ratones tinha duas baterias de canhões (Episódio 6)
Casa da Palamenta guardava material para disparo de canhões (Episódio 5)
Ponte levadiça controlava o acesso à Fortaleza de Santo Antônio de Ratones (Episódio 4)
Energia limpa mantém a Fortaleza de Santo Antônio de Ratones desde 2000 (Episódio 3)
Ratones ajudou no combate a epidemias no século XIX (Episódio 2)
Assista ao primeiro episódio do tour virtual pela Fortaleza de Santo Antônio de Ratones (Episódio 1)
Tour virtual apresenta a Fortaleza de Santo Antônio de Ratones aos domingos (detalhes do projeto)

Tags: Fortaleza de Santo Antônio de RatonesFORTALEZASfortalezas da ilha de santa catarinafortificaçõesguiamentoIFSCtour virtualturismo

Conheça o Quartel da Tropa e a Casa dos Oficiais da Fortaleza de Santo Antônio de Ratones

08/11/2021 10:17

Os soldados e os oficiais ficavam separados na Fortaleza de Santo Antônio de Ratones. Neste episódio do tour virtual, conheça mais detalhes sobre essas construções e como era a alimentação dos militares que davam guarda na fortificação. Eles ficavam em alojamentos diferentes: o Quartel da Tropa e a Casa dos Oficiais. Criado pelos alunos do Curso Técnico em Guia de Turismo do Campus Florianópolis-Continente do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) em parceria com a Coordenadoria das Fortalezas da Ilha de Santa Catarina (CFISC), o tour virtual apresenta um episódio a cada final de semana.

Fique atento: os episódios vão ao ar sempre aos domingos, às 10h.

Veja também:

Paiol da Pólvora ficava no ponto mais alto para evitar artilharia inimiga (Episódio 7)
Fortaleza de Santo Antônio de Ratones tinha duas baterias de canhões (Episódio 6)
Casa da Palamenta guardava material para disparo de canhões (Episódio 5)
Ponte levadiça controlava o acesso à Fortaleza de Santo Antônio de Ratones (Episódio 4)
Energia limpa mantém a Fortaleza de Santo Antônio de Ratones desde 2000 (Episódio 3)
Ratones ajudou no combate a epidemias no século XIX (Episódio 2)
Assista ao primeiro episódio do tour virtual pela Fortaleza de Santo Antônio de Ratones (Episódio 1)
Tour virtual apresenta a Fortaleza de Santo Antônio de Ratones aos domingos (detalhes do projeto)

Tags: Fortaleza de Santo Antônio de RatonesFORTALEZASfortalezas da ilha de santa catarinafortificaçõesguiamentoIFSCtour virtualturismo

Paiol da Pólvora ficava no ponto mais alto para evitar artilharia inimiga

01/11/2021 10:46

Era comum, na estratégia de construção das fortalezas no século XVIII, instalar o Paiol da Pólvora em uma parte elevada do terreno. O intenção era proteger a munição do alcance dos canhões inimigos. Essa estratégia foi utilizada também na Fortaleza de Santo Antônio de Ratones, cujo Paiol da Pólvora era acessado por uma escadaria de pedras. Esses detalhes estão neste novo episódio tour virtual. Criado pelos alunos do Curso Técnico em Guia de Turismo do Campus Florianópolis-Continente do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) em parceria com a Coordenadoria das Fortalezas da Ilha de Santa Catarina (CFISC), o tour virtual apresenta um episódio a cada final de semana.

Fique atento: os episódios vão ao ar sempre aos domingos, às 10h.

Veja também:

Fortaleza de Santo Antônio de Ratones tinha duas baterias de canhões (Episódio 6)
Casa da Palamenta guardava material para disparo de canhões (Episódio 5)
Ponte levadiça controlava o acesso à Fortaleza de Santo Antônio de Ratones (Episódio 4)
Energia limpa mantém a Fortaleza de Santo Antônio de Ratones desde 2000 (Episódio 3)
Ratones ajudou no combate a epidemias no século XIX (Episódio 2)
Assista ao primeiro episódio do tour virtual pela Fortaleza de Santo Antônio de Ratones (Episódio 1)
Tour virtual apresenta a Fortaleza de Santo Antônio de Ratones aos domingos (detalhes do projeto)

Tags: canhõesFortaleza de Santo Antônio de Ratonesfortalezas da ilha de santa catarinaguiamentoIFSCtour virtualturismo

Fortaleza de Santo Antônio de Ratones tinha duas baterias de canhões

26/10/2021 12:22

A Fortaleza de Santo Antônio de Ratones tinha duas baterias de canhões: uma a nordeste e outra a sudoeste da fortificação. Era importante garantir a segurança da região como ponto estratégico. Assim, a principal bateria de canhões, a que ficava a nordeste, contava originalmente com 14 peças de artilharia. Esses detalhes estão no sexto episódio do tour virtual pela Fortaleza de Santo Antônio de Ratones. Criado pelos alunos do Curso Técnico em Guia de Turismo do Campus Florianópolis-Continente do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) em parceria com a Coordenadoria das Fortalezas da Ilha de Santa Catarina (CFISC), o tour virtual apresenta um episódio a cada final de semana.

Fique atento: os episódios vão ao ar sempre aos domingos, às 10h.

Veja também:

Casa da Palamenta guardava material para disparo de canhões (Episódio 5)
Ponte levadiça controlava o acesso à Fortaleza de Santo Antônio de Ratones (Episódio 4)
Energia limpa mantém a Fortaleza de Santo Antônio de Ratones desde 2000 (Episódio 3)
Ratones ajudou no combate a epidemias no século XIX (Episódio 2)
Assista ao primeiro episódio do tour virtual pela Fortaleza de Santo Antônio de Ratones (Episódio 1)
Tour virtual apresenta a Fortaleza de Santo Antônio de Ratones aos domingos (detalhes do projeto)

Tags: Fortaleza de Santo Antônio de Ratonesfortalezas da ilha de santa catarinaguiamentoIFSCtour virtualturismo

Dia da Rendeira e do Rendeiro: o que essa atividade tem a ver com as fortalezas?

21/10/2021 11:04

A renda de bilro é uma atividade tradicional lembrada por uma data comemorativa em Florianópolis: 21 de outubro é o Dia Municipal da Rendeira e do Rendeiro. A tradição remonta aos imigrantes que vieram, na maior parte, do Arquipélago dos Açores no século XVIII. Um contingente de milhares de colonos rumou para o sul da América, incentivado (e em parte financiado) pela Coroa Portuguesa a partir de 1747. O objetivo era ocupar e defender o território da Ilha de Santa Catarina, que estava ganhando as primeiras fortalezas.

(mais…)

Tags: Açoresculturaemigração açorianaFORTALEZASfortalezas da ilha de santa catarinafortificaçõesrenda de bilro

Casa da Palamenta guardava material para disparo de canhões

17/10/2021 11:33

As conchas abundantes na região viravam cal para as construções da Fortaleza de Santo Antônio de Ratones. Pedras retiradas da própria ilha também faziam parte da alvenaria da época. Cada edifício tinha sua função, como a Casa da Palamenta – local utilizado para abrigar material necessário para disparar os canhões. Além de todos esses detalhes, o quinto episódio do tour virtual pela Fortaleza de Santo Antônio de Ratones traz uma curiosidade: as pessoas invadiam a fortaleza em busca de tesouros antes da restauração de 1990. Criado pelos alunos do Curso Técnico em Guia de Turismo do Campus Florianópolis-Continente do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) em parceria com a Coordenadoria das Fortalezas da Ilha de Santa Catarina (CFISC), o tour virtual apresenta um episódio a cada final de semana.

Fique atento: os episódios vão ao ar sempre aos domingos, às 10h.

Veja também:

Ponte levadiça controlava o acesso à Fortaleza de Santo Antônio de Ratones (Episódio 4)
Energia limpa mantém a Fortaleza de Santo Antônio de Ratones desde 2000 (Episódio 3)
Ratones ajudou no combate a epidemias no século XIX (Episódio 2)
Assista ao primeiro episódio do tour virtual pela Fortaleza de Santo Antônio de Ratones (Episódio 1)
Tour virtual apresenta a Fortaleza de Santo Antônio de Ratones aos domingos (detalhes do projeto)

Tags: Fortaleza de Santo Antônio de Ratonesfortalezas da ilha de santa catarinaguiamentoIFSCtour virtualturismo

Ponte levadiça controlava o acesso à Fortaleza de Santo Antônio de Ratones

11/10/2021 11:09

O acesso à Fortaleza de Santo Antônio de Ratones era controlado, pela Casa da Guarda, por meio de uma ponte levadiça. Além disso, fosso, seteiras e outros recursos dificultavam a vida do invasor. Essas curiosidades estão entre os temas abordados no quarto episódio do tour virtual pela Fortaleza de Santo Antônio de Ratones criado pelos alunos do Curso Técnico em Guia de Turismo do Campus Florianópolis-Continente do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) em parceria com a Coordenadoria das Fortalezas da Ilha de Santa Catarina (CFISC).

Fique atento: os episódios vão ao ar sempre aos domingos, às 10h.

Veja também:

Energia limpa mantém a Fortaleza de Santo Antônio de Ratones desde 2000 (Episódio 3)
Ratones ajudou no combate a epidemias no século XIX (Episódio 2)
Assista ao primeiro episódio do tour virtual pela Fortaleza de Santo Antônio de Ratones (Episódio 1)
Tour virtual apresenta a Fortaleza de Santo Antônio de Ratones aos domingos (detalhes do projeto)

Tags: Fortaleza de Santo Antônio de Ratonesfortalezas da ilha de santa catarinaguiamentoIFSCtour virtualturismo

Energia limpa mantém a Fortaleza de Santo Antônio de Ratones desde 2000

03/10/2021 18:15

A fonte d’água, que ganhou uma construção com tratamento especial, e a forma limpa com que a energia elétrica é gerada na ilha são tema do terceiro episódio do tour virtual pela Fortaleza de Santo Antônio de Ratones criado pelos alunos do Curso Técnico em Guia de Turismo do Campus Florianópolis-Continente do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) em parceria com a Coordenadoria das Fortalezas da Ilha de Santa Catarina (CFISC).

Fique atento: os episódios vão ao ar sempre aos domingos, às 10h.

Veja também:

Ratones ajudou no combate a epidemias no século XIX (Episódio 2)
Assista ao primeiro episódio do tour virtual pela Fortaleza de Santo Antônio de Ratones (Episódio 1)
Tour virtual apresenta a Fortaleza de Santo Antônio de Ratones aos domingos (detalhes do projeto)

Tags: Fortaleza de Santo Antônio de Ratonesfortalezas da ilha de santa catarinaguiamentoIFSCtour virtualturismo
  • Página 1 de 2
  • 1
  • 2