Taxa de visitação das fortalezas

Para ingresso na Fortaleza de Santa Cruz de Anhatomirim, que se encontra aberta ao público todos os dias, inclusive feriados, é cobrada uma taxa de visitação, utilizada na manutenção dos monumentos e na estrutura de apoio ao visitante. Escolas públicas podem solicitar previamente a isenção da taxa. A Fortaleza de Santo Antônio de Ratones e a Fortaleza de São José da Ponta Grossa estão temporariamente fechadas para obras e implementação de novos serviços ao visitantes.

TIPO DE INGRESSO VALOR  (R$)
INTEIRO R$ 16,00
MEIA-ENTRADA R$ 8,00
ISENTOS:
– PESSOAS ACIMA DE 60 ANOS- CRIANÇAS ATÉ CINCO ANOS

– ESCOLAS PÚBLICAS (municipais, estaduais, federais), desde que solicitem antecipadamente.

ATENÇÃO: os valores são recolhidos na portaria da fortaleza exclusivamente em dinheiro.

Valores de acordo com a Resolução Normativa nº05/CC/2010, de 29 de novembro de 2010, atualizados em 2022.

A UFSC não é responsável pelo traslado às ilhas de Anhatomirim e Ratones Grande, serviço prestado pelas empresas de transporte náutico que atuam na região.

Observação para ESCOLAS PRIVADAS:
Escolas privadas, embora não tenham direito à isenção da taxa de visitação, se desejarem, podem solicitar previamente a meia entrada para os seus estudantes, encaminhando esse pedido por e-mail à Coordenadoria das Fortalezas, por meio de um ofício assinado e escaneado (formato PDF), contendo as mesmas informações do ofício de pedido de isenção (ver orientações aqui). O pagamento da meia entrada continuará sendo realizado diretamente na bilheteria da fortaleza visitada, mas a solicitação prévia por parte da escola dispensará o aluno da necessidade de comprovar individualmente na bilheteria a sua condição de estudante, agilizando o acesso à fortaleza e otimizando o tempo de visitação.

Dia de gratuidade
No primeiro domingo do mês, no período de março a novembro, a taxa de visitação é gratuita nas três fortalezas.