Mais de 330 pessoas já deixaram seus comentários e assinaturas na exposição das fortalezas

21/07/2022 07:11

Com maquetes das fortalezas, réplica de canhão, uniforme de soldado e muita informação histórica, a exposição Sistema Defensivo da Ilha de Santa Catarina já recebeu mais de 330 assinaturas e comentários no livro de visitas. A mostra está aberta à visitação no Centro de Cultura e Eventos (CCEven) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). A entrada é gratuita. A exposição é promovida pela Coordenadoria das Fortalezas da Ilha de Santa Catarina (CFISC).

(mais…)

Tags: Centro de Cultura e EventosExposiçãoFortaleza de Santa Cruz de AnhatomirimFortaleza de Santo Antônio de RatonesFortaleza de São José da Ponta Grossafortalezas da ilha de santa catarinasistema defensivoUFSC

No Dia de Santo Antônio, conheça a história de união que salvou uma fortaleza há 40 anos

13/06/2022 10:36

Na década de 1980, mutirão de limpeza revelou a rampa de acesso da fortificação, que hoje passa por novo restauro. Fotos: Edinice Mei Silva/fortalezas.org e Jaci Valdemiro Nunes

Há 40 anos, um grupo de cerca de 50 pessoas[1] arregaçou as mangas e mudou a história da Fortaleza de Santo Antônio de Ratones, na baía norte, em Florianópolis. Eles responderam a um chamado que organizou mutirões de limpeza da vegetação que encobria e danificava o patrimônio histórico na década de 1980. A Operação Santo Antônio, uma ação que uniu poder público e sociedade, retirou do esquecimento esse patrimônio histórico nacional. Neste dia 13 de junho, dia de homenagem ao santo que batiza a fortificação, a Coordenadoria das Fortalezas da Ilha de Santa Catarina (CFISC) relembra essa história.

(mais…)

Tags: Fortaleza de Santo Antônio de RatonesFORTALEZASfortalezas da ilha de santa catarinahistória de santa catarinamutirãoOperação Santo Antônio

Canhão, maquetes das fortalezas e roupa de soldado fazem parte de exposição na UFSC

31/05/2022 12:23

Você sabia que o litoral de Santa Catarina chegou a ter mais de 40 fortificações, considerando todos os tamanhos? Parte dessa história é contada na mostra Sistema Defensivo da Ilha de Santa Catarina, que está aberta à visitação no Centro de Cultura e Eventos (CCEven), no Campus Trindade, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Fazem parte da exposição maquetes das fortalezas, roupa de soldado e um pequeno canhão, além de banners informativos. A entrada é gratuita. A mostra é promovida pela Coordenadoria das Fortalezas da Ilha de Santa Catarina (CFISC).

(mais…)

Tags: Centro de Cultura e EventosExposiçãoFortaleza de Santa Cruz de AnhatomirimFortaleza de Santo Antônio de RatonesFortaleza de São José da Ponta Grossafortalezas da ilha de santa catarinasistema defensivoUFSC

Cinco curiosidades sobre a candidatura das fortalezas a patrimônio mundial

21/02/2022 11:40


Você sabia que a Fortaleza de Santa Cruz de Anhatomirim, em Governador Celso Ramos, e a Fortaleza de Santo Antônio de Ratones (ilustração acima), em Florianópolis, podem ser os primeiros patrimônios mundiais culturais de Santa Catarina? A candidatura foi aceita pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO). Junto com as fortalezas catarinenses, outras 17 fortificações brasileiras estão na mesma lista. Saiba cinco curiosidades sobre a candidatura a seguir…

(mais…)

Tags: Fortaleza de Santa Cruz de AnhatomirimFortaleza de Santo Antônio de RatonesIPHANPatrimônio mundialUNESCO

Curiosidades imperdíveis no tour virtual da Fortaleza de Santo Antônio de Ratones

07/12/2021 09:59

Você sabia que foram encontradas ossadas humanas enterradas em covas rasas na Fortaleza de Santo Antônio de Ratones na década de 1990? E que a fortaleza tinha originalmente um sistema de coleta de água da chuva já no século XVIII? Essas são algumas das curiosidades sobre essa fortificação que estão na série de 10 episódios do tour virtual, resultado de uma parceria entre o Instituto Federal de Educação (IFSC) e a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Neste post, você pode acompanhar todos os episódios.

(mais…)

Tags: Fortaleza de Santo Antônio de Ratonesfortalezas da ilha de santa catarinafortificaçõesguiamentohistóriaIFSCtour virtualturismo

Fortaleza de Santo Antônio de Ratones ostenta riqueza ecológica

22/11/2021 17:49

A Ilha de Ratones Grande, onde está localizada a Fortaleza de Santo Antônio de Ratones, possui extensão de mais de 190 mil metros quadrados. Nessa área, existe uma diversidade de mais de 50 espécie de pássaros, além de diversos anfíbios, répteis e mamíferos. Essas informações, bem como a história dos mutirões de limpeza da fortaleza, estão entre os detalhes do décimo e último episódio do tour virtual. Criado pelos alunos do Curso Técnico em Guia de Turismo do Campus Florianópolis-Continente do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) em parceria com a Coordenadoria das Fortalezas da Ilha de Santa Catarina (CFISC), tour virtual apresentou um episódio a cada final de semana.

Veja também:

Sistema de captação de água da chuva era essencial no século XVIII (Episódio 9)
Conheça o Quartel da Tropa e a Casa dos Oficiais da Fortaleza de Santo Antônio de Ratones (Episódio 8)
Paiol da Pólvora ficava no ponto mais alto para evitar artilharia inimiga (Episódio 7)
Fortaleza de Santo Antônio de Ratones tinha duas baterias de canhões (Episódio 6)
Casa da Palamenta guardava material para disparo de canhões (Episódio 5)
Ponte levadiça controlava o acesso à Fortaleza de Santo Antônio de Ratones (Episódio 4)
Energia limpa mantém a Fortaleza de Santo Antônio de Ratones desde 2000 (Episódio 3)
Ratones ajudou no combate a epidemias no século XIX (Episódio 2)
Assista ao primeiro episódio do tour virtual pela Fortaleza de Santo Antônio de Ratones (Episódio 1)
Tour virtual apresenta a Fortaleza de Santo Antônio de Ratones aos domingos (detalhes do projeto)

Tags: Fortaleza de Santo Antônio de RatonesFORTALEZASfortalezas da ilha de santa catarinafortificaçõesguiamentoIFSClimpezamutirãotour virtualturismo

Por que, há 42 anos, a UFSC assumiu a gestão das fortalezas da baía norte?

22/11/2021 10:02

42 anos (completados neste domingo), a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) assumiu uma responsabilidade ímpar: gerir um patrimônio histórico que representa como poucos a formação do sul do Brasil. Em 21 de novembro de 1979, a UFSC recebeu oficialmente a responsabilidade da gestão, guarda e manutenção da Fortaleza de Santa Cruz de Anhatomirim. Alguns anos depois, a universidade se tornaria gestora também da Fortaleza de São José da Ponta Grossa e da Fortaleza de Santo Antônio de Ratones. Mas por que a UFSC?

(mais…)

Tags: #EuValorizoAsFortalezasFortaleza de Santa Cruz de AnhatomirimFortaleza de Santo Antônio de RatonesFortaleza de São José da Ponta Grossafortalezas da ilha de santa catarinafortificaçõesUFSC

Sistema de captação de água da chuva era essencial no século XVIII

16/11/2021 09:19

O que atualmente é considerada uma solução ecologicamente correta de reaproveitamento de água era um sistema vital para a Fortaleza de Santo Antônio de Ratones no século XVIII. A Casa do Comandante e o Quartel da Tropa eram edifícios que tinham calhas para captação da água da chuva. Esse sistema, que aumentava as reservas para além da fonte existente na Ilha de Ratones Grande, é detalhado no nono episódio do tour virtual. Criado pelos alunos do Curso Técnico em Guia de Turismo do Campus Florianópolis-Continente do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) em parceria com a Coordenadoria das Fortalezas da Ilha de Santa Catarina (CFISC), tour virtual apresenta um episódio a cada final de semana.

Fique atento: os episódios vão ao ar sempre aos domingos, às 10h.

Veja também:

Conheça o Quartel da Tropa e a Casa dos Oficiais da Fortaleza de Santo Antônio de Ratones (Episódio 8)
Paiol da Pólvora ficava no ponto mais alto para evitar artilharia inimiga (Episódio 7)
Fortaleza de Santo Antônio de Ratones tinha duas baterias de canhões (Episódio 6)
Casa da Palamenta guardava material para disparo de canhões (Episódio 5)
Ponte levadiça controlava o acesso à Fortaleza de Santo Antônio de Ratones (Episódio 4)
Energia limpa mantém a Fortaleza de Santo Antônio de Ratones desde 2000 (Episódio 3)
Ratones ajudou no combate a epidemias no século XIX (Episódio 2)
Assista ao primeiro episódio do tour virtual pela Fortaleza de Santo Antônio de Ratones (Episódio 1)
Tour virtual apresenta a Fortaleza de Santo Antônio de Ratones aos domingos (detalhes do projeto)

Tags: Fortaleza de Santo Antônio de RatonesFORTALEZASfortalezas da ilha de santa catarinafortificaçõesguiamentoIFSCtour virtualturismo

Conheça o Quartel da Tropa e a Casa dos Oficiais da Fortaleza de Santo Antônio de Ratones

08/11/2021 10:17

Os soldados e os oficiais ficavam separados na Fortaleza de Santo Antônio de Ratones. Neste episódio do tour virtual, conheça mais detalhes sobre essas construções e como era a alimentação dos militares que davam guarda na fortificação. Eles ficavam em alojamentos diferentes: o Quartel da Tropa e a Casa dos Oficiais. Criado pelos alunos do Curso Técnico em Guia de Turismo do Campus Florianópolis-Continente do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) em parceria com a Coordenadoria das Fortalezas da Ilha de Santa Catarina (CFISC), o tour virtual apresenta um episódio a cada final de semana.

Fique atento: os episódios vão ao ar sempre aos domingos, às 10h.

Veja também:

Paiol da Pólvora ficava no ponto mais alto para evitar artilharia inimiga (Episódio 7)
Fortaleza de Santo Antônio de Ratones tinha duas baterias de canhões (Episódio 6)
Casa da Palamenta guardava material para disparo de canhões (Episódio 5)
Ponte levadiça controlava o acesso à Fortaleza de Santo Antônio de Ratones (Episódio 4)
Energia limpa mantém a Fortaleza de Santo Antônio de Ratones desde 2000 (Episódio 3)
Ratones ajudou no combate a epidemias no século XIX (Episódio 2)
Assista ao primeiro episódio do tour virtual pela Fortaleza de Santo Antônio de Ratones (Episódio 1)
Tour virtual apresenta a Fortaleza de Santo Antônio de Ratones aos domingos (detalhes do projeto)

Tags: Fortaleza de Santo Antônio de RatonesFORTALEZASfortalezas da ilha de santa catarinafortificaçõesguiamentoIFSCtour virtualturismo

Paiol da Pólvora ficava no ponto mais alto para evitar artilharia inimiga

01/11/2021 10:46

Era comum, na estratégia de construção das fortalezas no século XVIII, instalar o Paiol da Pólvora em uma parte elevada do terreno. O intenção era proteger a munição do alcance dos canhões inimigos. Essa estratégia foi utilizada também na Fortaleza de Santo Antônio de Ratones, cujo Paiol da Pólvora era acessado por uma escadaria de pedras. Esses detalhes estão neste novo episódio tour virtual. Criado pelos alunos do Curso Técnico em Guia de Turismo do Campus Florianópolis-Continente do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) em parceria com a Coordenadoria das Fortalezas da Ilha de Santa Catarina (CFISC), o tour virtual apresenta um episódio a cada final de semana.

Fique atento: os episódios vão ao ar sempre aos domingos, às 10h.

Veja também:

Fortaleza de Santo Antônio de Ratones tinha duas baterias de canhões (Episódio 6)
Casa da Palamenta guardava material para disparo de canhões (Episódio 5)
Ponte levadiça controlava o acesso à Fortaleza de Santo Antônio de Ratones (Episódio 4)
Energia limpa mantém a Fortaleza de Santo Antônio de Ratones desde 2000 (Episódio 3)
Ratones ajudou no combate a epidemias no século XIX (Episódio 2)
Assista ao primeiro episódio do tour virtual pela Fortaleza de Santo Antônio de Ratones (Episódio 1)
Tour virtual apresenta a Fortaleza de Santo Antônio de Ratones aos domingos (detalhes do projeto)

Tags: canhõesFortaleza de Santo Antônio de Ratonesfortalezas da ilha de santa catarinaguiamentoIFSCtour virtualturismo
  • Página 1 de 2
  • 1
  • 2